Tá No Sangue S.F.C.

Volta da festa nas arquibancadas de SP

www.tanosanguesfc.com.br   Por: Márcio Veratti   24/07/2017



A festa das torcidas organizadas no estado de São Paulo está voltando as arquibancadas. O abuso de poder do Ministério Público que não consegue controlar uma minoria, punia a maioria. Mas uma reunião realizada nesta noite de segunda-feira (24) na sede da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, sacramentou a volta dos instrumentos, faixas e bandeirões nos estádios, desde que as organizadas colaborem e atendam às exigências.

E no próximo dia 1° ocorrerá outra reunião com representantes das torcidas organizadas do Estado de São Paulo, para que as regras impostas pelo promotor Paulo Castilho sejam passadas. E uma delas será não se envolverem em brigas no trajeto dos estádios, não entrar em confronto com o poder público e não acender sinalizadores nas arquibancadas. O promotor Paulo Castilho promete punir individualmente as organizadas que desrespeitarem algumas dessas regras.

Mas o importante, é que aquele marasmo com clima de teatro ou conserto de ópera nas arquibancadas estão com os dias contados. Os instrumentos que dão o ritmo aos cantos e animam a torcida está de volta, os bandeirões abertos no início dos jogos e na comemorações dos gols se abrirão novamente, e as faixas estarão penduradas imponentes nos alambrados.

Mas antes dessa liberação, o Santos Futebol Clube já tinha tomado a frente e conseguido autorização para ter uma banda do próprio clube em jogos na Vila Belmiro, puxando os cantos dos Santistas. A direção do Peixe entendeu que os jogos sem os instrumentos e demais material das organizadas do Alvinegro Praiano, não entusiasmava o público presente nos jogos, e a festa não ficava completa. E pioneirismo da banda própria do clube, pesou na decisão do Ministério Público de rever as proibições.

O Movimento de Sócios do Santos F. C. Tá No Sangue deseja que as torcidas possam atenderem as regras impostas pelo Ministério Público, primeiramente para que haja paz entre as torcidas, e para que possamos ter o prazer de presenciar belas festas dentro dos estádios do Estado de São Paulo.