Tá No Sangue S.F.C.

A torcida abraçou o time e levou o Santos a vitória no Pacaembu

www.tanosanguesfc.com.br   Por: Márcio Veratti  06/05/2017


Torcida Santos

Torcida do Santos tem boa presença no Pacaembu (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

O Santos venceu pelo placar de 3x2 a equipe colombiana do Santa Fé em partida válida pela 4ª rodada do grupo 2 da Copa Libertadores da América. A jogo foi realizado no estádio municipal do Pacaembu na capital paulistana e com presença de 30 mil torcedores.

E foram esses 30 mil Santistas presentes que não pararam de cantar em nenhum momento, nem mesmo quando o jogo estava difícil para o Peixe e debaixo de uma forte chuva.

A torcida carregou o time no colo, essas foram as palavras do técnico Dorival Júnior ao final do embate contra o bom time do Santa Fé, pois o jogo no segundo tempo se desenhava muito arriscado para o Santos que não conseguia furar a defesa do Santa Fé, mas da base da raça e embalado pela fanática torcida do do Peixe, o time correspondeu marcando o terceiro gol aos 33 minutos da etapa final.

O jogo continuou dramático, pois os colombianos eram perigosos em suas decidas ao ataque. Mas ao apito final do árbitro, a torcida que participou e empurrou o time o jogo todo, foi recompensada com a vitória.

Parabéns aos jogadores do Santos, nem tanto pela técnica, mas pela raça e vontade demonstrada em campo e principalmente a torcida Santástica que fez o seu papel com fé e com ardor.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS 3 X 2 SANTA FÉ

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Data: 04 de maio de 2017, quinta-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Andres Cunha (URU)

Assistentes: Mauricio Espinosa (URU) e Nicolas Taran (URU)

Público: 29.798

Renda: R$ 1.142.620,00

Cartões amarelos: SANTOS: Lucas Veríssimo, Thiago Maia e Ricardo Oliveira SANTA FE: José Moya e Daniel Roa.

GOLS:

SANTOS: Ricardo Oliveira, aos 3 do 1T; Vitor Bueno, aos 33 do 1T; Lucas Veríssimo, aos 33 do 2T;

SANTA FE: Arango, aos 32 do 1T; Perlaza, aos 38 do 1T;

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Matheus Ribeiro (Copete); Renato, Thiago Maia e Lucas Lima (Cleber Reis); Vitor Bueno (Vladimir Hernández), Bruno Henrique e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior

SANTA FE: Leandro Castellanos, Daniel Roa, José Moya, Héctor Urrego e Mosquera; Sebastián Salazar, Perlaza, Leyvin Balanta (Plata) e Jonathan Gómez; Arango e Stracqualursi (Ceter). Técnico: Gustavo Costas