Tá No Sangue S.F.C.

Sorte da família Dorival acaba e Santos perde na Vila

www.tanosanguesfc.com.br   Por: Márcio Veratti  28/05/2017



(Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

O Santos entrou em campo hoje (28) na Vila Belmiro para enfrentar o Cruzeiro pela terceira rodada do campeonato brasileiro, e sem estar com a sorte ao lado como esteve nas partidas com Coritiba e The Strongest, foi derrotado mais uma vez dentro de casa. E com o resultado de 1x0 para os mineiros, o Peixe estaciona na tabela de classificação.

Este ano de 2017, o Peixe ainda não encontrou a forma de jogo e nem a escalação ideal, pois os chamados titulares vem derrapando nesta temporada a um bom tempo e a comissão técnica não apresenta nenhuma mudança de postura tática ou técnica no time. Na Copa Libertadores da América o clube classificou para oitavas de finais com certa facilidade, mas tem que levar em conta o nível fraco das equipes da competição sul-americana na fase de grupos.

E na derrota de hoje (28) ficou claro que além do time sofrer com a ausência de Lucas Lima, Dorival Júnior continua escalando e mantendo a titularidade de jogadores sem o uso da meritocracia, pois não tem comando suficiente para sacar da equipe Ricardo Oliveira que a tempos não apresenta um bom futebol e Renato que claramente não possui mais condições físicas de atuar em alto nível e sendo pouquíssimo competitivo, pois está lento nas saídas de bola e pouco produtivo quando está com a bola nos pés, apenas realizando passes laterais e para trás.

Nos últimos jogos, um dos melhores jogadores ou o melhor em campo, foi Vanderlei que atua no gol. E quando o goleiro de uma equipe é o melhor em campo, é porque tem algo errado, e a tempos Vanderlei vem salvando o Santos de atuações mais desastrosas. E será que a tática de Dorival Júnior é fazer o Vanderlei aparecer? Se for, está conseguindo. E seu filho Lucas Silvestre, parece seguir a linha do pai.