Tá No Sangue S.F.C.

Falta gol de falta no Santos

Fonte: www.tanosanguesfc.com.br   Por Márcio Veratti   14/02/2016

Foto: Mourão Panda / Gazeta Press

No dia 26 de janeiro de 2014, Cícero marcou um gol de falta contra o Ituano em Itu-SP em jogo válido pelo campeonato Paulista. E nos últimos dois anos, o Santos apenas marcou dois gols de falta em duas cobranças de Vitor Ferraz, uma no campeonato brasileiro de 2015 onde o Santos venceu o Vasco por 1x0 e ontem (13) onde o Peixe arrancou um empate no final da partida contra o Novorizontino em 3x3.

Parabéns ao Vitor Ferraz por ter tido apenas duas chances de bater faltas e acertou as duas tendo 100% de aproveitamento. Fica a pergunta para Dorival Jr., porque o batedor de faltas do Santos é o Lucas Lima?

O Santos faz pouquíssimos gols de bola parada pela ineficiência das cobranças, onde a bola não chega em condições favoráveis para nossos atanques mandarem para o fundo das redes, e todos sabemos que um lance de bola parada em um jogo de futebol é determinante para sacramentar uma vitória e até mesmo títulos. A cobrança de falta frontal chega a ser uma real situação de gol para equipe que sofreu a infração.

Então fica outra pergunta para toda comissão técnica do Santos F.C., não se treina cobranças de faltas e escanteios no CT Rei Pelé? É inadmissível  um clube de futebol fazer apenas dois gols de falta no período de dois anos, pois isso retrata a falta de preparação da comissão técnica do Peixe e o descaso com um fundamento tão importante no futebol.

O Movimento de Sócios do Santos F.C. Tá No Sangue apurou que Vitor Ferraz é o único jogador do Peixe que treina exaustivamente cobranças de faltas nos treinamentos tendo um ótimo aproveitamento.

Fazemos um apelo a torcida do Santos. Toda vez que tivermos uma cobrança de falta ou um escanteio a nosso favor, gritaremos o nome de Vitor Ferraz. Quem sabe assim nosso craque e ótimo jogador Lucas Lima se dedique mais aos treinos e aprenda a bater faltas e escanteios corrigindo esse único fundamento que lhe falta.