Tá No Sangue S.F.C.

Braz marca na frente, falha atrás e Santos empata fora de casa com Grêmio

www.tanosanguesfc.com.br   Por: Márcio Veratti   30/07/2017


David Braz discute com Cortez: o tempo fechou no fim da partida em Porto Alegre (Foto: Wesley Santos/Agência PressDigital)

(Foto: Wesley Santos/Agência PressDigital)

O Santos entrou em campo hoje (30) pela 17ª rodada do brasileirão na Arena do Grêmio, e arrancou um empate conquistando um ponto fora de casa. Os gols aconteceram todos no primeiro tempo, com David Braz aproveitando um desvio de cabeça de Bruno Henrique em cobrança de escanteio e mandando para o fundo das redes. Mas logo depois, Braz falhou por duas vezes no mesmo lance no gol de Fernandinho, onde o zagueiro não conseguiu cortar o cruzamento caindo ao chão, e demorando para se levantar e disputar o rebote de Vanderlei na sua frente.

Até os 25 minutos da primeira etapa, o Santos manteve o jogo equilibrado e chegando até oferecer mais perigo ao gol dos gaúchos. Mas a partir daí, o Grêmio dominou as ações e se manteve no campo do Santos, porém tendo poucas oportunidades de gol. Na segunda etapa, o Peixe voltou melhor, e jogo ficou mais pegado e quente dentro de campo.

Vitor Ferraz “conseguiu” provar novamente que Daniel Guedes é infinitamente superior na lateral direita, sem perder a mania de marcar de lado e fugir das divididas. Ricardo Oliveira sem condições alguma de jogo prejudicou o time enquanto esteve em campo sem se apresentar para jogo ou marcar a saída de bola gremista.

O restante da equipe se apresentou bem sem comprometer o resultado e mostrando muita raça e experiência ao final da partida, onde não caiu na pressão dos jogadores da casa, e conseguiram “catimbar” o jogo a favor do Alvinegro Praiano endurecendo o jogo quando teve que ser duro. Levir Culpe conseguiu colocar brio nos jogadores e acabar com a fama de jogadores “bons moços”.

Fixa técnica:

Santos FC 1 x 1 Grêmio

Local: Arena do Grêmio, às 19 horas do dia 30 de julho de 2017;

Árbitro: Braulio da Silva Machado – SC;

Auxiliares: Kleber Lucio Gil – SC (FIFA) e Neuza Ines Back – SC (FIFA);

Cartões amarelos: Yuri, Vanderlei, Thiago Ribeiro, Lucas Lima e David Braz (SFC); Edílson, Maícon, Ramiro e Geromel (GRE);

Cartão vermelho: Edílson (GRE);

Gols: David Braz, aos 44 do 1ºT (SFC); Fernandinho, aos 46 do 2ºT (GRE).

Santos FC: Vanderlei; Victor Ferraz (Daniel Guedes), Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Alison (Leandro Donizete), Yuri e Luca Lima; Copete, Ricardo Oliveira (Thiago Ribeiro) e Bruno Henrique. Técnico: Levir Culpi.

Grêmio: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Ramiro, Luan e Fernandinho; Everton (Miki Arroyo, depois Jaílson) e Pedro Rocha. Renato Gaúcho.

Veja os melhores momentos: