Tá No Sangue S.F.C.


Mesmo com vitória, Dorival e Gabigol cobram torcida por maior público

Após vitória, Dorival Júnior e Gabigol pedem a presença da torcida santista. Apesar do bom momento, apenas 4.937 pessoas assistiram ao triunfo sobre o Sport, na Vila Belmiro
Fonte:  www.lance.com.br   Santos (SP)   16/06/2016

Santos x Sport - Vila Belmiro

Santos 2 x 0 Sport     Foto (Russel Dias)

O técnico Dorival Júnior e o atacante Gabigol cobraram a presença da torcida na Vila Belmiro. Apesar do bom momento do Santos, apenas 4.937 pessoas pagaram para assistir à vitória sobre o Sport por 2 a 0 na noite desta quarta-feira. Além de pedir o apoio dos torcedores no estádio, o jogador também comemorou a vitória e o gol marcado.

- Foi uma vitória na garra e na vontade. Fico contente em voltar (da Seleção Brasileira) e fazer gol, mas acho que temos que lotar mais a Vila. A torcida tem direito de cobrar, mas acho que temos de cobrar deles participação. Não pode em um jogo como esse, jogo decisivo, ter pouca gente no estádio. Respeito muito a torcida do Santos, sou santista, mas acho que o time está muito bem, tem de melhorar e a torcida lotar o estádio para conseguirmos vitórias melhores - cobrou o atacante, autor do primeiro gol do Peixe na vitória na Vila Belmiro. 

Em entrevista coletiva após a partida, Dorival Júnior manteve o tom de cobrança. O treinador santista admitiu que a torcida está deixando a desejar e ainda fez um alerta: a diretoria do clube precisa se preocupar com a falta de torcedores nas partidas dentro de casa e criar alternativas para atrair o público.

- Acho que de um modo geral o torcedor do Santos precisa comparecer de maneira mais direta, principalmente aqui dentro. Estamos limitados à presença do torcedor que está em todos os momentos. Mesmo assim o número de torcedores parece que tem um limite aqui dentro e em momento nenhum temos quantidade maior. Isso penaliza o clube e os jogadores. O torcedor comum realmente está deixando a desejar. A diretoria tem de se preocupar e criar alternativas para resgatar o torcedor - analisou Dorival Júnior.