Tá No Sangue S.F.C.

Lucas Lima pode ficar no Santos, confirma agente

Meia considera permanência para lucrar sozinho no fim do contrato, em 2017
Fonte: www.atribuna.com.br   Por: Michael Santos   11/06/2016


Meia pode permanecer no Santos até 2017 (Foto: Folhapress)

Lucas Lima deve mesmo ficar no Santos até o final do contrato, em 2017. Ciente de que o Peixe não quer vendê-lo, o atleta já pensa em aguardar. Isso para que possa lucrar financeiramente apos o vínculo com o Peixe terminar. Isso é o que explica o agente do meia, Wagner Ribeiro.

Em contato com A Tribuna On-line, o empresário afirmou que Lucas considera permanecer no Santos. “Ele tem interesse em ficar. Ele, saindo agora, recebe zero, porque tem 0% de direito econômico. Sendo que, daqui a um ano, ele pode assinar um pré-contrato e receber um dinheiro muito grande”.

Se realmente continuar no Alvinegro Praiano até o final do ano que vem, Lucas Lima estará livre somente com 27 anos, idade que poderia complicar a negociação com grandes clubes europeus. No entanto, para evitar dificuldades, Ribeiro tem uma estratégia. A ideia é firmar um tipo de contrato com algum time europeu quando esta temporada acabar para garantir um pré-contrato no meio daqui a um ano.

“A lei diz (que posso assinar um pré-contrato) seis (antes do término do vínculo), mas posso fazer um contrato do pré-contrato", explicou. Ou seja, ele acertaria um compromisso em dezembro próximo, oficializaria o pré-contrato no meio de 2017 e, em janeiro de 2018, passaria a jogar pelo time que o contratar.

Nesta condição, o Santos, dono de 10% dos direitos do armador, fica sem nada. O mesmo se dá com o fundo de investimento Doyen Sports, que possui 80%, e a empresa Khodor Soccer, que tem 10%.

Por outro lado, a agremiação que fechar com Lucas Lima, além de ter o atleta, vai gastar menos na contratação. Sem precisar negociar com Peixe e investidores, bastará um acerto salarial com o jogador e luvas pela assinatura do contrato.

“O interessado investe menos”, ressaltou Wagner Ribeiro, declarando na sequência que o bom momento do atleta na Seleção Brasileira faz com que clubes do Velho Continente queiram fechar com o meio-campista.

Aumento

Após a conquista do título do Campeonato Paulista, o presidente do Peixe, Modesto Roma Júnior, disse que oferecia um aumento salarial para que Lucas Lima permanecesse no clube após o meio desta temporada. O meia passaria a receber uma quantia superior à estabelecida como teto do clube.

Contudo, o agente do armador afirmou que ainda não foi procurado para tratar da valorização salarial.