Tá No Sangue S.F.C.

Presidente do Peixe confirma finais do Paulista: Osasco e Vila Belmiro

Fonte: www.gazetaesportiva.com   Por: Tiago Salazar   24/04/2016

Torcida do Santos fez, neste domingo, um corredor de sinalizadores na chegada do time à Vila (Foto:  Ivan Storti)

Torcida do Santos fez, neste domingo, um corredor de sinalizadores na chegada do time à Vila (Foto: Ivan Storti)

Modesto Roma Júnior confirmou à Gazeta Esportiva que os dois jogos das finais do Campeonato Paulista aconteceram no estádio Municipal José Liberatti, em Osasco, e na Vila Belmiro, na Baixada Santista, nos dois próximos fins de semana. “Vila Belmiro e Osasco. Conversei com o Vampeta (presidente do Audax). Está decidido”, garantiu o presidente do Peixe, em contato breve por telefone com a reportagem, na noite deste domingo.

A Federação Paulista de Futebol (FPF) ainda deve confirmar os mandos de campo nesta segunda-feira, mas, como as diretorias de Santos e Osasco Audax chegaram a um acordo, a chance de qualquer decisão diferente é quase nula.

Antes de saber do acordo, o técnico Dorival Júnior já fazia pressão para poder buscar o título na Vila Belmiro. “Preferência seria jogar na nossa casa. Com certeza o Audax também vai preferir jogar na nossa casa. Acho que por aquilo que nós conversamos com os jogadores nós gastaríamos de decidir dentro da nossa casa. Acho que é um fato normal. Se jogamos uma semifinal aqui, por que não uma final? Qual seria a diferença? Eu não vejo problema”, disse o treinador, logo após seu time eliminar o Palmeiras nos pênaltis.

Nas sete finais do Estadual que disputou entre 2009 e 2015, o Santos decidiu não jogar na Baixada em 2010, contra o Santo André, em 2012, frente ao Guarani, e em 2014, diante do Ituano. Nas duas primeiras, a equipe erguei a taça no Pacaembu e no Morumbi, respectivamente. Há dois anos, porém, viu o time de Itu fazer a festa no Pacaembu.

Já em 2009, 2013 e 2015, o Peixe sempre optou por mandar seu jogo na Vila Belmiro. Acabou derrotado em casa em 2009, no primeiro jogo da decisão contra o Corinthians, e com um empate no segundo jogo de 2013 sucumbiu diante do Timão de novo. Já ano passado, nos pênaltis como neste domingo, se consagrou campeão diante do Palmeiras, na Baixada.