Tá No Sangue S.F.C.

Santistas enaltecem poder de reação em jogo difícil contra o Audax

Fonte:  espn.uol.com.br   Gazeta Press   10/04/2016

GAZETA PRESS

Ricardo Oliveira ressaltou 'calor insuportável' na tarde deste domingo

Ricardo Oliveira ressaltou "calor insuportável" na tarde deste domingo

Diante de sete desfalques, Dorival Júnior resolveu arriscar e escalou a equipe sem volantes de ofício. O resultado não foi muito bom na primeira etapa, quando o Osasco Audax ditou o ritmo do jogo, pressionou e saiu na frente do placar. Na segunda etapa, o técnico ajeitou a equipe e, com muita dificuldade, o alvinegro praiano chegou a virada na Vila Belmiro.

"Sabíamos que seria um jogo complicado, já que o Audax é um time que tem posse de bola, arrisca mesmo. Se a gente não conseguisse marcar bem, ia sofrer um pouco. Tivemos dificuldades contra um time que toca a bola, em um calor insuportável. Não marcamos bem, mas mostramos força na hora de correr atrás do resultado", avaliou o capitão Ricardo Oliveira, que deu assistência para o gole de Léo Cittadini.

O segundo gol, já aos 42 minutos, saiu dos pés de Ronaldo Mendes. A aposta de Dorival Júnior havia acabado de entrar no jogo e não escondeu sua empolgação com o momento especial.

"Fico feliz pelo gol, pela vitória. A gente que não vem jogando tem que estar sempre preparado para ajudar quando entrar no jogo. A gente sabe que o jeito de jogar do Audax é de posse de bola, então, tivemos que correr muito. Mas fui premiado no final e consegui esse gol", disse, logo depois do apito final.

Agora, o Santos terá toda a semana para se preparar para o duelo contra o São Bento, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. Alison, Gustavo Henrique, Thiago Maia, Elano, Gabriel e Paulinho voltam a ficar à disposição de Dorival Júnior. Renato, que se recupera de uma fratura no nariz, ainda é dúvida.