Tá No Sangue S.F.C.

Ronaldo Mendes entra no fim, marca e dá vitória ao Santos sobre o Audax

No próximo fim de semana, pelas quartas de final do Paulistão, Peixe recebe o São Bento, na Vila Belmiro
Fonte:  www.atribuna.com.br   GABRIEL DOS SANTOS - COLABORADOR   10/04/2016

Equipe desfalcada entrou em campo na Vila Belmiro e garantiu a vitória contra o Audax

Com a primeira colocação do grupo A já garantida, o Santos entrou em campo contra o Audax neste deste domingo (10), em duelo válido 15ª rodada do Paulistão, apenas para cumprir tabela. Com muitos desfalques, Dorival Júnior levou ao gramado uma equipe sem volantes de ofício, com Léo Cittadini e Rafael Longuine mais recuados. Na primeiro tempo, porém, o esquema não deu certo e o Peixe saiu atrás no placar. Na etapa final, a história foi diferente e, no apagar das luzes, Ronaldo Mendes deu a vitória ao time da Vila Belmiro.

 Sem Renato, Alison e Paulinho (lesionados), e Gustavo Henrique, Thiago Maia, Elano e Gabriel (suspensos), o Alvinegro perdeu o poder de criação e sofreu com a marcação da equipe visitante, que foi muito superior no primeiro tempo, fazendo Vanderlei ser o destaque dos 45 minutos iniciais. Se não fosse pelo goleiro santista, que fez pelo menos três defesas difíceis, a vantagem da equipe comandada por Fernando Diniz seria ainda maior. 

O Santos também teve oportunidades, mas não levou tanto perigo ao gol de Sidão. Explorando pouco as laterais, o Peixe travou no sistema defensivo do Audax. A principal chance de perigo do time da Vila Belmiro foi em cabeçada de Ricardo Oliveira, aos 38, após cruzamento de Lucas Lima. A bola passou muito perto.

O Audax jogou como está acostumado: trocou diversos passes, manteve a posse de bola e soube aproveitar as falhas defensivas do Santos. O gol que fez jus à boa atuação da equipe na primeira etapa saiu somente aos 43 minutos. A jogada começou com um lançamento do goleiro Sidão para Wellington, que fez fila. O atacante passou entre Victor Ferraz e Luiz Felipe e encobriu Vanderlei, fazendo um golaço. 

Na volta do intervalo, o Alvinegro voltou com outro ritmo e foi coroado com o gol de empate logo aos 13 minutos. Léo Cittadini apareceu na área como o elemento-surpresa, recebeu de Ricardo Oliveira e fez um belo gol, chutando fora do alcance do goleiro adversário.

Após igualar o marcador, o técnico Dorival Júnior colocou Serginho no lugar de Patito Rodríguez. O argentino, mais uma vez, não se achou em campo e não fez uma boa partida.

Diferentemente da primeira etapa, o Peixe conseguiu acertar a marcação e impediu que o Audax criasse tantas chances. No setor ofensivo, foi mais incisivo, levando perigo para Sidão com Ricardo Oliveira e Luiz Felipe, que cabeceou a bola no travessão e pouco não virou o jogo.

No apagar das luzes, o dedo do técnico Dorival Júnior deu a vitória ao Peixe. O treinador colocou Ronaldo Mendes no lugar de Luiz Felipe. E não deu outra. Dois minutos depois, a torcida que compareceu em peso na Vila Belmiro comemorou. O meia, que havia acabado de entrar, recebeu na área, limpou a marcação e fechou a tarde com chave de ouro. 2 a 1 Peixe!

No próximo fim de semana, pelas quartas de final, o Santos recebe o São Bento na Vila Belmiro. Já o Audax, que garantiu a primeira colocação do grupo C, encara o São Paulo no Estádio Prefeito José Liberatti. A data dos confrontos serão decididas nesta segunda-feira, em congresso técnico na sede da FPF.